Rota das Estrelas 2016

  Um dos eventos gastronómicos mais aguardados do ano já tem data e lugar marcados para o arranque. O restaurante Il Gallo d´Oro, do The Cliff Bay, Porto Bay Hotels & Resorts, no Funchal, acolhe, a partir de 19 de fevereiro, a primeira etapa da Rota das Estrelas 2016. Isto para um ciclo de jantares muito especiais no único restaurante madeirense com uma estrela Michelin. 

Desta feita, o chefe de cozinha Benoît Sinthon é anfitrião de 16 chefes convidados para o Il Gallo d´Oro. Na sua maioria são chefes com estrela Michelin, oriundos de vários pontos da Europa. Juntos irão preparar ao longo dos cinco dias desta primeira etapa da Rota das Estrelas diversos jantares, o primeiro no dia de abertura, a 19 de fevereiro (19h00). Cada chefe vai apresentar a sua cozinha ao vivo em bancadas individuais, interagindo e partilhando dicas gastronómicas. O evento apresenta uma fusão de alta gastronomia, enologia e música. Uma noite que fica nos 140,00 euros por pessoa.

Destaque, ainda, para os jantares de degustação a 22 e 23 de fevereiro (19h00). Os chefes vão preparar em conjunto menus com, no mínimo, seis pratos exclusivos. Isto com a promessa de surpreender todos os presentes. Nestes casos os jantares orçam entre os 160,00 e os 200,00 euros.

Um programa que não se esgota à mesa. Esta Rota das Estrelas inclui demonstrações gastronómicas, workshops, degustações, vinhos e bebidas regionais, visitas guiadas, apresentação de produtos locais.

Fonte: Rota das Estrelas

Anúncios

VVT SOLAR DA VIDEIRA

Solar do Louredo2

De cor rubi intensa, este Vinho não é mais do que um elogio aos frutos vermelhos maduros. O seu aroma exótico, com curioso final agridoce, revela um Vinho Verde Tinto de corpo volumoso, muito frutado e acidez agradável e persistente.

O VVT SOLAR DA VIDEIRA é perfeito no acompanhamento da gastronomia de inverno, mais gorda; fantástico ainda na harmonização de sobremesas conventuais.

As uvas são provenientes de vinhas em modo de produção integrada, através da gestão racional dos recursos naturais e conservação do ecossistema agrário, contribuindo assim para uma agricultura sustentável.

Solar do Louredo
Largo do Louredo, 59
4905-286 Moreira de Geraz do Lima
Portugal

www.solardolouredo.com

N 41º 43′ 08″
W 8º 40′ 24″

Angelina Campos +351 914 915 457
Luís Pedro +351 926 011 429

Branco da Talha by António Maçanita 2013

Fita Preta Maçanita 003

Um branco, no mínimo, desafiante.

Feito de Roupeiro e Antão Vaz, este branco alentejano tem, desde logo, uma grande virtude: é diferente do que se bebe por aí.

Notas de prova: Distinto, mineral, complexo e fresco. Assenta primeiro na fruta e frescura das castas, com uma segunda dimensão dominada pelas notas terrosas, quase químicas da talha. Na boca alguma textura, sempre suportado em tensão e acidez.

Serviço e Gastronomia: Servir a 10ºC. Fresco, a sua acidez, notas terrosas permitem harmonizar muito bem com pratos que contenham cogumelos, beterraba ou trufas.

Álcool: 12,5%Vol.

Denominação: Vinho Regional Alentejano

Viticultura: Mistura de vinhas com 25-30 anos das castas locais Roupeiro e Antão Vaz. Agricultura sustentável em que apenas o redimento é controlado e a qualidade é melhorada com a remoção de ramos secundários e poda de cachos.

Vinificação: A vindima é manual em caixas de 20Kg. As caixas foram colocadas directamente na prensa sem esmagamento. O mosto depois de decantado foi colocado numa talha de 1000 Litros com a data inscrita de 1946. A fermentação ocorreu então, numa câmara de frio a 14ºC durante cerca de 28 dias. O vinho foi decantado estabilizado com bentonite e estabilizado por frio.

Notas de prova do produtor: Fita Preta