Mundus Vini 2017. Há 302 vinhos portugueses entre os melhores

Perto de 200 especialistas de 44 países fizeram o gosto ao copo e elegeram os melhores vinhos desta primavera. E, claro, há portugueses entre os destacados do Mundus Vini 2017.

Vinhos-portugueses

Já são conhecidos os vencedores da Spring Tasting do Grand International Wine Awards – Mundi Vini, um dos eventos mais conceituados do mundo vinícola.

Para esta prova de primavera, foram perto de 200 os especialistas que, durante quatro dias, avaliaram cerca de 6,200 vinhos de vários pontos do mundo, atribuindo-lhes a medalha de Grande Ouro, Ouro e Prata. Como já tem sido habitual, há criações bem portuguesas entre as eleitas.

Espanha consagrou-se campeã ao conseguir 484 medalhas com esta competição. França ficou no segundo lugar com 337 medalhas, seguindo-se Portugal, que fecha o pódio com 302 vinhos selecionados e enquadrados nos melhores do mundo.

Entre os vencedores da medalha de Grande Ouro – que foram apenas 33 – estão oito nacionais: Sandeman – Porto Tawny 30 Years Old, o Casa da Ferreirinha Quinta da Leda, (2014), Herdade de Grous – Reserva Vinho Regional Alentejano (2013), Quinta de Ponte Pedrinha Reserva (2011), Barros Porto (Colheita 1974), Sandeman – Porto 20 Years Old, Casa Ermelinda Freitas (Moscatel de Setúbal, 2007) e Casa Ferreirinha Callabriga (2014).

Clique aqui e descubra os restantes eleitos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s